Mudança de curso rende indenização

Faculdade não pode modificar o contrato de serviços de forma ilegal. Por isso, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou a Fundação Educacional Guaxupé (FEG) a indenizar estudantes no valor de R$ 5 mil para cada. Elas cursavam ‘Comércio Exterior’ mas o nome do curso mudou para ‘Administração’ (sem prévio aviso).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: