Liberação equivocada de canal de TV pornô rende indenização

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina condenou a SKY a indenizar um casalpor conta da liberação pela operadora lde imagens de canal pornográfico sem a autorização dos consumidores, que têm uma filha de 12 anos. O canal reproduz filmes pornográficos 24 horas por dia. O casal receberá R$ 20 mil por danos morais.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: